Quando você decide abrir um negócio, como uma startup, é muito claro que o seu principal objetivo é obter sucesso nas suas atividades e serviços para gerar lucro para a sua empresa.

Porém, a gente sabe que não existe uma fórmula mágica para isso acontecer. Afinal, se fosse assim, todos iriam querer abrir um negócio.

É claro que aumentar esse tipo de indicador não é uma tarefa fácil, porém existem algumas formas que você pode considerar se quiser ter mais sucesso na sua startup.

Neste artigo, vamos te mostrar 4 estratégias para seguir e que podem aumentar a chance de crescimento do lucro líquido do seu negócio.

Utilizar o poder dos dados

Nos últimos anos, estamos vivendo uma transição muito importante na história da humanidade, a chamada revolução industrial 4.0.

Nessa revolução, quem manda são os dados. Você já deve ter lido ou escutado aquela frase “os dados são o novo petróleo”, não é mesmo? Pois é exatamente isso que se trata essa revolução no mercado.

Hoje, vários grandes players, dos mais variados segmentos, estão investindo pesado em tecnologia e profissionais, com o objetivo de ter acesso a cada vez mais dados sobre os usuários.

Existem diversos dados que podem ser acompanhados e metrificados, mas o grande segredo é acompanhar os dados corretos e a partir deles, tirar insights que podem ajudar o negócio a crescer.

Particularmente em startups,  muito se fala sobre o conceito de Growth Hacking. No growth hacking, utiliza-se dos principais recursos de uma startup como seus aliados: dados, criatividade, agilidade, conhecimento e experimentação tecnológica.

Através de uma mentalidade considerada “enxuta”, é possível focar no que mais dará resultado e contribuirá para um rápido crescimento da companhia, muitas vezes, pautada com o uso dos dados.

É por esse motivo, que investir na área deve ser visto realmente como um investimento e não um gasto. Afinal, se formos considerar todo o processo de um projeto de dados, temos como padrão:

  • Entendimento do negócio
  • Coleta de dados
  • Tratamento de dados
  • Análise de dados

Sendo assim, para cada uma das etapas será necessário ter no time diferentes profissionais de Analytics, mas que juntos, irão trazer diversos insights para o negócio e, como consequência, irão gerar valor para a startup.

Automatização de processos

A cada ano que passa, a tecnologia evolui cada vez mais. Talvez, a um nível que nunca poderíamos imaginar.

A automação de processos visa facilitar os métodos de trabalho, sem a necessidade de execução manual, abrindo o caminho para um desempenho automático, padronizado e eficiente.

Para entender isto um pouco melhor, pense em uma empresa na qual é necessário verificar manualmente cada processo realizado. Agir manualmente requer um trabalho de vigilância, com inseguranças sobre os procedimentos e múltiplas conferências para defender a certeza dos resultados.

Além disso, há o risco de enviar os produtos para o lugar errado. Se esta empresa, por exemplo, criar códigos de barras e, por meio de um leitor eletrônico, conseguir alocar corretamente cada item, haverá economia de tempo, agilidade na entrega e maior segurança na execução do trabalho.

Como já comentamos, a indústria 4.0 é composta por diversas inovações tecnológicas – automação industrial, tecnologia da informação e controle – cada vez mais impulsionada pela transformação digital com foco na eficiência, prevenção de falhas e agilidade nos processos de produção, sempre apoiada pela coleta e compilação de dados para melhor tomada de decisões.

Logo, a automação de processos pode:

  • complementar e apoiar a cadeia produtiva
  • contribuir para a prevenção de falhas
  • redução de perdas com realocação da mão-de-obra existente
  • valorizar aqueles profissionais com conhecimento e experiência em tecnologia da informação, gestão de processos e logística aplicada.

Busque por novos investidores

A necessidade de sempre estar querendo atrair novos possíveis investidores é algo que faz parte da rotina de um empresário. Dessa forma, investir em um profissional de avaliação de empresas é inevitável.

Pois, com isso, será possível saber quanto a empresa realmente vale, o que torna mais seguro a análise de propostas de investimento.

Para a sua startup (caso sua empresa seja uma startup de fato), é possível obter alguns investimentos, cujo os mais comuns são:

Investimento via aceleradoras

As Aceleradoras são um tipo moderno de incubadora de empresas. Investir através de um acelerador é uma oportunidade para os indivíduos. 

As startups acessadas através desta rota estão geralmente em uma fase inicial. Como as startups estão em um estágio inicial, o risco de investimento é alto. 

A forma de investir é através de um acelerador. Ou seja, seu investimento é feito no acelerador e o acelerador monta o portfólio para você. 

Os valores investidos pelas startups podem variar muito, mas o total da carteira deve estar entre R$ 50 e R$ 100 mil. 

Ah, e o prazo do retorno do investimento geralmente é superior a quatro anos. A maioria dos aceleradores utiliza comitês com investidores para escolher as empresas nas quais investir.

Investimento Anjo

É também uma oportunidade para as pessoas físicas. As startups acessadas através desta rota também estão na fase inicial e, portanto, oferecem um alto risco de investimento. 

Os valores por startup podem variar de R$ 50 a R$ 250 mil para uma carteira total cujo valor está entre R$ 250 mil e R$ 2,5 milhões. O prazo do investimento é geralmente superior a quatro anos.

Investimento Capital Semente (Seed)

Esse tipo de investimento é similar ao investimento anjo, porém neste o investimento é realizado por grupos de investidores em pessoas jurídicas.

Na maioria das vezes, esse tipo de investimento é realizado em empresas que já tem produtos ou serviços lançados e que já estão tendo um certo faturamento.

No investimento seed, o aporte pode variar bastante, mas geralmente fica numa média entre R$300 mil e R$3.000.000.

Invista em Marketing Digital

Hoje, um negócio que não está presente na internet está fadado ao fracasso. Um bom exemplo disso, foi a pandemia de COVID-19 e a quarentena, que acabou levando diversos negócios à falência.

Sendo assim, é de suma importância que a sua empresa esteja presente em todos os principais canais digitais que existem, para que sempre haja a possibilidade de aquisição de novos leads.

Preparamos alguns passos para seguir dentro do Digital para que fique mais claro de entender.

Faça o básico

A primeira coisa é fazer o básico. Isso quer dizer, ter presença da sua empresa nos principais canais digitais que existem, como:

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Website

Produza conteúdo 

Até alguns anos atrás, o Marketing era focado principalmente no Outbound, em que as empresas apareciam para os possíveis clientes através da publicidade, como uma propaganda na tv no horário nobre.

É claro que essa estratégia ainda existe até hoje, porém com o início da internet e do Marketing Digital, uma nova forma de Marketing surgiu, o Inbound Marketing. 

No inbound, as características dos consumidores mudam consideravelmente em relação ao outbound. Pois, a estratégia agora é atrair e fidelizar clientes.

Ou seja, a ideia principal não é ir atrás do cliente, mas sim despertar o interesse dele, fazendo com que ele venha até a sua empresa e se interesse pelo negócio dela.

E isso é feito basicamente através de conteúdos de qualidade para a sua audiência. Logo, para que essa estratégia de Inbound Marketing funcione, é necessário atrelar a estratégia de Marketing de Conteúdo, que vai servir de combustível para o Inbound.

Trabalhe o SEO

SEO ou Search Engine Optimization são técnicas utilizadas para que um site melhore o posicionamento de suas páginas no maior buscador do mundo, o Google.

Uma estratégia de Inbound Marketing, aliada ao Marketing de Conteúdo e ao SEO pode ajudar a crescer o seu negócio de maneira expressiva, sem precisar pagar por anúncio.

Faça anúncios usando Tráfego Pago

Apesar de as estratégias de Inbound e SEO serem mais lucrativas a longo prazo, não podemos abandonar as fontes de tráfego pago.

Como o próprio nome já diz, é quando ocorre compra de espaço publicitário na web, para levar pessoas para uma determinada página do site, também conhecida como landing page.

Você pode utilizar plataformas de anúncio conhecidas no mercado, como Google Ads, Facebook Ads e LinkedIn Ads para captar novos leads. E com isso, ter maiores chances de aumentar o lucro líquido da sua startup.

Conclusão

Neste artigo, você conferiu 4 estratégias que podem auxiliar no crescimento da eficiência e lucro líquido da sua startup para o ano de 2021.

Todas essas estratégias, quando trabalhadas juntas, aumentam consideravelmente as chances de sucesso de uma startup no ano de 2021.

Texto elaborado por Isael Oliveira, especialista em Marketing Digital