Como Vender Empesa em Funcionamento

Dúvidas relacionadas a como vender uma empresa em funcionamento são muito comuns entre empreendedores.

São várias as razões que podem motivar o empresário a querer vender o seu negócio que já está em funcionamento.

Por isso, neste artigo você vai conferir tudo o que precisa saber sobre como vender uma empresa em funcionamento, através de um passo a passo elaborado por nossa equipe.

Como Vender uma Empresa em Funcionamento?

Quando se trata da venda de empresas, muitos empreendedores ainda têm dúvidas ou não sabem exatamente como realizar esse tipo de ação. E está tudo bem, é normal ter esse tipo de dúvida.

Separamos para você um passo a passo que você deve seguir para vender uma empresa em funcionamento da forma correta:

1 – Tenha a Certeza da Venda

Deixar um negócio nem sempre é uma decisão fácil. Para se desfazer de uma empresa que você “levantou” do zero é necessário que ocorra um planejamento correto, afinal vão existir diversas questões financeiras, tributárias, legais, incluindo aspectos emocionais.

O primeiro passo é você analisar e ter claro o motivo do porquê que você está querendo vender seu negócio que já está em funcionamento. 

Pode parecer meio óbvio, mas é preciso que você tenha a certeza que realmente quer vender seu negócio em funcionamento. Pois, é uma decisão importante, que pode impactar não só você mas diversas pessoas ao seu redor.

2 – Desapegue do Negócio

É o momento que você deve tratar seu negócio utilizando a razão, evitando assim envolver o lado emocional.

Você já decidiu que trabalhou o quanto queria nesse negócio por exemplo, ou então, decidiu que vai mudar de país, precisando assim se desfazer do negócio.

O negócio também pode estar indo mal e você não está ganhando o que precisa para seus objetivos.

Outro ponto importantíssimo: o valuation (valor de avaliação econômica) da sua empresa pode não ser o que você espera. Nenhum comprador irá pagar qualquer valor a mais somente porque você possui um valor sentimental por ela. A matemática é simples: se a empresa é lucrativa e gera retorno, logo ela vai valer mais do que uma empresa que gera um retorno menor.

Enfim, é necessário que você tenha claro em mente qual o objetivo por trás da venda, pois isso pode ter bastante influência no momento que você for negociar o seu negócio. Afinal, você precisa estar muito bem centrado no objetivo e resolvido internamento com isso.

3 – Prepare o negócio para ser vendido

Antes de vender a empresa, é interessante que você prepare ela para a venda.

Aqui é importante que você prepare relatórios, com informações que sejam relevantes, com o intuito de mostrar o seu negócio de forma atrativa para a pessoa que vai comprar. 

Você precisa mostrar para a pessoa que ela vai ter um retorno investindo nesse negócio e também em quanto tempo isso pode ocorrer.

Se sua empresa possui mais de um cliente, é importante reforçar isso durante a negociação, pois isso acaba mostrando diversidade, ou seja, que sua empresa não é dependente de apenas um cliente.

Sendo assim, reúna o máximo possível de informações relevantes e verdadeiras, para mostrar de forma atrativa o seu negócio.

4 – Defina o preço corretamente

Você precisa contratar um profissional qualificado, que faça a avaliação da sua empresa de forma profissional e imparcial.

Este profissional vai avaliar sua empresa e determinar o valuation correto dela. Caso você sinta receio, achando que o avaliador possa divulgar alguma informação da empresa no mercado, você pode solicitar para que ele assine o NDA. 

O NDA é um acordo de não divulgação de informações. Temos um artigo completo sobre NDA caso queira conhecer um pouco mais.

Novamente, é importante que você deixe o lado emocional de lado e queira avaliar o seu negócio por si próprio. Isso pode acabar te prejudicando durante a negociação, perdendo assim possíveis compradores.

5 – Defina o perfil ideal do comprador do negócio

O próximo passo que você deve seguir é oferecer sua empresa para alguém que tenha interesse em comprá-la.

Se o seu negócio não está indo muito bem, você precisa ir atrás de compradores ou investidores mais baratos. 

Geralmente, os possíveis compradores podem apresentar 02 perfis distintos:

  • O primeiro perfil é aquele comprador que está mais interessado nos clientes que você já tem, com o objetivo de aumentar a fatia dele no mercado.
  • Já o segundo perfil são de empresas que estão atrás de negócios que possuem potencial de crescimento, mesmo que não estejam tendo bons desempenhos atualmente. 

6 – Etapa de Negociação

Agora que você já encontrou a pessoa que irá comprar a sua empresa, é preciso apresentar todas as informações que você reuniu anteriormente, incluindo o valor que foi determinado pelo especialista em valuation de empresas.

Lembre-se, o objetivo principal é chegar em um acordo que seja bom para você e para o comprador. 

Tente compreender quais as reais necessidades do seu possível comprador, seus objetivos com a compra. 

É na etapa de negociação que o comprador irá analisar cada detalhe das informações apresentadas, além de investigar o seu negócio mais a fundo, para evitar possíveis “sustos” durante a compra.

Onde posso anunciar a Venda da minha Empresa em Funcionamento?

Você pode anunciar a venda da empresa de diversas formas. Existem vários sites que permitem que você venda o seu negócio.

Um outro lugar que pode ser muito eficaz é realizar contatos através do LinkedIn, falando diretamente com a pessoa que pode ter um poder decisório de comprar sua empresa ou não.

Hoje, o LinkedIn é a maior rede profissional do mundo. Na plataforma, você consegue segmentar o público que você deseja atingir de diversas formas.

Com isso, você tem a chance de mostrar seu anúncio apenas para donos de empresas ou outras pessoas que possuem cargos considerados de alto poder e consequentemente, que possuem maiores chances de adquirir seu negócio.

A gente espera que este artigo tenha te ajudado bastante. Você com certeza absorveu muita informação útil neste conteúdo. Entretanto, uma coisa é importante reforçar.

Faça um bom planejamento antes de vender sua empresa, isso inclui contatar um bom profissional para determinar o valuation dela, pois caso você decida avaliar por si próprio, é provável que o valor seja estimado da forma errada (tanto pra mais quanto pra menos).

E aí, você já tinha conhecimento dessas informações? Pronto para vender sua empresa da melhor forma?