Você já parou para pensar qual é o real valor da sua empresa? Entender o valor do seu negócio é fundamental em diferentes situações. Além disso, pode ser uma excelente ferramenta de gestão para o seu empreendimento. No entanto, não é difícil encontrar empresários que ainda não promovem a avaliação de empresas e, quando se veem em alguma situação onde é necessário saber o valor do negócio, ficam perdidos e acabam deixando passar oportunidades importantes.

As motivações para que os empresários deixem de investir na avaliação de suas empresas variam, sendo que o custo do serviço acaba sendo uma das principais, assim como a falta de tempo para dedicar ao processo. Em alguns casos, os empreendedores acreditam que já sabem o valor de suas empresas e, por essa razão, não se sentem obrigados a realizar a avaliação do negócio de forma profissional.

Fluxo de caixa Pequenas e Médias Empresas

O processo de avaliação de uma empresa, que também pode ser conhecido como valuation ou business valuation, pode ser realizado de formas diferentes, considerando as expectativas e os objetivos do empresário que contratou o serviço. É importante destacar que é possível avaliar uma pequena empresa, avaliar empresas médias e, da mesma forma, avaliar grandes empresas.

Mas, afinal: como funciona o processo de avaliação de uma empresa? Quais são as vantagens de avaliar o real valor do meu negócio?

Neste artigo especial sobre o tema, preparado pela equipe de especialistas em valuation da Yenom – Avaliação Empresarial, você vai entender alguns conceitos importantes para a administração de qualquer negócio, entre eles:

  • o que é o processo de avaliação de empresas;
  • como funciona o processo de avaliação de empresas;
  • quando é preciso fazer a avaliação de uma empresa;
  • quais são as vantagens de fazer a avaliação de empresas.

Se você possui um negócio próprio ou trabalha como administrador de empresas, continue acompanhando a leitura deste artigo e saiba mais sobre essa importante ferramenta de gestão empresarial!

Como Funciona a Avaliação de Empresas

Antes de qualquer coisa, é essencial definir no que consiste o processo de avaliação de empresas. De modo resumido, podemos dizer que avaliar uma empresa tem o objetivo de definir o real valor econômico de um negócio, considerando alguns fatores que vão além de uma análise do faturamento da empresa.

Esse é um processo complexo e que, por muitas vezes, engloba certa dose de subjetividade que, certamente, varia de acordo com o profissional responsável pela avaliação, assim como é influenciado pelos objetivos traçados em conjunto pelo avaliador e pelo empresário.

Por essa razão, é necessário entender quais são as metodologias utilizadas durante o processo e escolher um profissional especializado e experiente em avaliações empresariais. Em geral, as metodologias de avaliação mais utilizadas são: método dos múltiplos de mercado (avaliação relativa), metodologia do valor patrimonial (asset based) e a metodologia do fluxo de caixa descontado (discounted cash flow method). Confira a seguir uma breve descrição de cada uma das metodologias citadas:

Avaliação relativa: considera que o valor de mercado de uma empresa pode ser definido observando os múltiplos de outras empresas que possuem atuação semelhante no mercado. É feita uma comparação entre esses múltiplos, que são obtidos por meio de indicadores como por exemplo o lucro.

Avaliação patrimonial: considera os dados contábeis da empresa para que seja determinado o seu real valor de mercado. O valor será obtido a partir de fatores internos, como os balanços contábeis, e não por meio de comparações entre empresas semelhantes.

Fluxo de caixa descontado: é um dos métodos mais abrangentes de avaliação. Essa metodologia analisa a empresa levando em conta inúmeras premissas que vão além dos dados contábeis. A metodologia está fundamentada no fluxo de caixa da empresa, ou seja, a diferença entre a receita total e sua despesa em um determinado período.

Se você deseja saber mais detalhadamente sobre cada uma das metodologias de avaliação de empresas, você pode acompanhar outros artigos preparados pela equipe da, onde abordamos os principais métodos em detalhes.

Por que é Importante Avaliar Minha Empresa?

O ideal é que você invista na avaliação do seu negócio periodicamente, já que nem sempre é possível prever em quais situações você será obrigado a saber o valor econômico da sua empresa. De acordo com especialistas em avaliação de empresas, é recomendado avaliar o seu empreendimento ao menos uma vez por ano, com o auxílio de um profissional especializado.

É importante destacar que a avaliação de uma empresa é um tipo de serviço que acaba sendo útil em diferentes situações, já que o seu negócio é avaliado por terceiros frequentemente. Além disso, o processo de avaliação de empresas oferece resultados essenciais para que você, empresário ou administrador de empresas, tome decisões estratégicas para o seu negócio.

Em geral, a avaliação de uma empresa acaba sendo importante por que:

  • sua empresa está sendo avaliada constantemente por terceiros (bancos, investidores, judiciário, fisco, compradores e etc);
  • sua aposentadoria pode depender do valor real da sua empresa;
  • conhecer o valor do seu negócio facilita a expansão da sua empresa;
  • calcular o valor do seu empreendimento pode atrair novos investidores;
  • conhecer o valor da sua empresa facilita movimentações (saída ou entrada de sócios, disputas legais, divórcios, entre outros).

Ao longo deste artigo, vamos falar mais detalhadamente sobre as situações onde é importante que você saiba o real valor da sua empresa. Ficou interessado? Então, continue acompanhando a leitura!

1 – Sua empresa será avaliada por terceiros em diversas ocasiões

Em uma eventual venda do seu negócio, por exemplo, a parte interessada na compra certamente irá avaliar seu empreendimento para saber o real valor da sua empresa. No entanto, a avaliação será realizada visando os objetivos e interesses do comprador, o que pode gerar resultados que não sejam tão satisfatórios para você;

A maior parte das avaliações de empresas é executada com vieses que têm o objetivo de atender aos interesses de quem solicitou o processo. Por essa razão, caso você invista periodicamente no serviço de avaliação de empresas, você saberá o real valor do seu negócio e não será pego de surpresa em situações semelhantes.

Um laudo de avaliação da empresa atualizado também pode ser necessário quando é preciso solicitar um empréstimo, ou mesmo em situações em que é preciso desenvolver inventários, como é o caso do divórcio de um dos sócios. Nesses casos, cada órgão de Governo ou banco irá avaliar a sua empresa de acordo com os próprios critérios, o que pode levar a cobrança de juros mais altos ou simplesmente para arrecadar mais impostos (inflando o preço do seu negócio)

2 – Sua aposentadoria pode depender da avaliação da sua empresa

Se você está contando com a sua empresa para se aposentar, avaliá-la é essencial. Caso você não saiba o real valor do seu negócio, fica muito difícil planejar qualquer evento relacionado ao seu futuro. Como seria possível prever seus ganhos como aposentado sem saber o valor do seu maior ativo?

Se a sua empresa vale cinco milhões de reais, mas você decide vendê-la por apenas dois milhões antes de se aposentar, você estará abrindo mão de três milhões de reais. Essa diferença em um investimento de renda fixa, que rentabiliza aproximadamente 1% ao mês, equivaleria a 30 mil reais por mês que você estaria renunciando sem ao menos se dar conta.

3 – Avalie sua empresa e expanda seu negócio

A expansão dos negócios é uma ideia que passa pela cabeça de boa parte dos empresários, não é mesmo? Por essa razão, investir em um processo de avaliação de empresas pode ser o ponto de partida perfeito para que você possa comparar o crescimento anual da sua empresa.

O crescimento da receita em si não significa que a sua empresa está gerando valor. Em algumas ocasiões, se uma firma não é administrada de maneira competente e correta, fazer com que ela cresça só irá destruir o seu valor. É preciso ficam atento à dois fatores podem definir esse cenário: o custo do capital e o retorno do capital, que podem mudar de acordo com o desempenho da gestão. Por meio da avaliação da sua empresa você terá acesso a essas informações.

4 – Conheça o valor da sua empresa e atraia investimentos

Se você possui uma empresa privada (do tipo startup ou similares) e deseja atrair investidores, é melhor ter em mãos uma avaliação da sua empresa realizada nos últimos 12 meses. Em geral, os investidores (investidores “anjo”, venture capitalists, entre outros) vão precificar a sua empresa de acordo com as premissas deles e você será obrigado a tomar uma decisão importante em um curto espaço de tempo.

Em resumo: uma avaliação atualizada nada mais é do que uma espécie de curriculum vitae da sua empresa para os investidores em potencial.

5 – Utilize a avaliação empresarial para estratégias de saída

Não importa qual seja a sua estratégia de saída do negócio (abertura de capital, venda para terceiros, fusões e aquisições, liquidação, entre outras), é de extrema importância saber o valor da sua parte no negócio. A regularidade na avaliação de empresas ampliará a visão do seu negócio e, consequentemente, proporcionará um melhor entendimento do momento de saída do mercado.

6 – Perdas pessoais, divórcio e disputas legais: saiba o valor do seu negócio

Como já mencionamos anteriormente, apenas com um laudo de avaliação atualizado, indicando o valor real da sua empresa, é que você terá tranquilidade para tratar de assuntos delicados, como perdas pessoais, divórcio e disputas legais que podem envolver um ou mais sócios da empresa.

Nunca deixe que a precificação do seu negócio seja realizada apenas por terceiros que, sem sombra de dúvidas, influenciarão o processo de avaliação da empresa considerando objetivos e interesses próprios e restritos. Faça a sua parte!

7 – Entrada e saída de sócios exige a avaliação do negócio

Talvez você já tenha pensado em buscar um novo sócio para o seu empreendimento, já tenha recebido alguma proposta do tipo, ou mesmo tenha interessado em comprar a parte de algum sócio que esteja se desligando da companhia. Em todos esses casos, pode ser muito prejudicial para uma das partes definir um valor à empresa sem conhecer o real potencial financeiro do negócio.

Assim, é possível perceber que o processo de avaliação de empresas é extremamente útil e necessário em diferentes situações pelas quais qualquer tipo de empresa, independente do segmento ou do porte, está sujeita a passar.

Principais Vantagens da Avaliação de Empresas

Ao longo deste artigo você entendeu melhor como é possível determinar o valor de uma empresa no mercado e, além disso, pode perceber que investir no processo de avaliação de empresas é, sem sombra de dúvidas, investir no seu negócio.

Afinal, conhecer o real valor do seu empreendimento é o primeiro passo para uma série de negociações, processos administrativos e tomadas de decisões estratégicas que fazem parte do dia a dia de qualquer empresa.

Desse modo, não é difícil listar quais são as principais vantagens obtidas por quem investe regularmente na avaliação da própria empresa.

O processo de avaliação de uma empresa pode ser extremamente benéfico para o seu negócio. No entanto, caso não seja executado por uma empresa especializada e experiente em valuation de pequenas, médias e grandes empresas, não será possível obter dados confiáveis e precisos sobre o real valor do seu negócio.

Por esse motivo, invista na contratação de uma equipe de profissionais qualificada para desenvolver a avaliação do seu negócio. Pesquise a reputação da empresa, converse com especialistas e escolha o serviço que transmita mais confiança e expertise. Desse modo, será possível utilizar os resultados obtidos tranquilamente para a ampliação e a estabilização do seu empreendimento.

Aqui na Yenom – Avaliação Empresarial, você encontra uma equipe de profissionais amplamente experientes e altamente capacitados para realizar a avaliação da sua empresa de forma confiável e mantendo a confiabilidade dos dados obtidos durante a análise. Você escolherá se o seu negócio deve ser avaliado ou não. Porém, depois de ter tantos motivos para fazê-lo, por que arriscar? Seu futuro financeiro pode depender disso. Entre em contato conosco agora e obtenha uma proposta.