quanto custa para vender uma empresa

Você faz ideia de quanto custa para vender uma empresa?

Se você é uma pessoa que tem curiosidade para saber o quanto é gasto para conseguir vender um negócio, ou se você é uma pessoa que está querendo vender a sua empresa, temos certeza que este nosso guia será bastante útil.

Hoje, nós lhe mostraremos os custos reais e os valores atualizados que você terá para vender a sua empresa.

Agora, vamos lá!

Quanto custa para vender uma empresa? [Valores Atualizados]

Na prática, os custos para vender uma empresa são muito relativos. Isso acontece principalmente porque, a depender do tamanho do seu negócio, haverá um determinado preço para cada etapa do processo de venda. Mais a frente, vamos lhe mostrar melhor quais são as etapas para vender uma empresa.

Mas, desde já, podemos lhe adiantar que duas etapas serão fundamentais nesse processo: Valuation e Equipe de M&A.

No primeiro caso, você terá um custo para fazer o valuation da sua empresa. Logo, esse custo terá que entrar para o seu cálculo para ver o quanto vale o seu negócio. Após isso, você terá o custo em pagar uma equipe de M&A para cuidar de toda a parte burocrática da venda da sua empresa.

Dessa forma, levando em consideração apenas essas duas etapas, podemos chegar a um valor que estipulamos como o custo básico para vender uma empresa:

Logo, para termos uma noção do quanto custa para vender uma empresa, vamos imaginar que você venderá uma empresa de R$1.000.000.

Dessa forma, você pagará em média R$40.000 para a equipe de M&A + o custo do valuation se você decidir optar por algum especialista tradicional ou Valutech (e não feito pela equipe de M&A).

Obviamente, esses são valores que podem depender bastante da época em que você estiver vendo o conteúdo. Principalmente os valores gastos com o M&A, que vão depender muito da equipe de M&A que você selecionar para cuidar do processo de venda da sua empresa.

Entendendo isso, é importante comentarmos também sobre como funciona o processo de venda de uma empresa.

Processo de Venda de uma Empresa

Para quem não está acostumado com um processo de venda de uma empresa, é relevante entender que ele é feito a partir de algumas etapas. São elas:

  1. Valuation;
  2. Análise do Comprador;
  3. Equipe de M&A
  4. Fechamento

Para que você entenda melhor como isso funciona, vamos agora ver como acontece cada uma dessas etapas:

Valuation

Começando pelo Valuation, vemos que essa é a fase primária que temos ao pensar em vender a nossa empresa.

A partir do momento em que você começar a cogitar a venda do seu negócio, é importante que você já faça o valuation dele.

Ebook Valutech Valuation

Às vezes, antes de fazermos o business valuation, temos uma visão deturpada do quanto vale a nossa empresa. Essa deturpação pode ser tanto para mais, quanto para menos.

Nesse processo de analisar o valuation da sua empresa, pode ser que você descubra que ela vale menos do que você imaginava. No caso, pode perceber que não compensa tanto assim vender o seu negócio.

Contudo, também pode ser o inverso, você pode acabar percebendo que a sua empresa está valendo mais do que você imaginava. O que com certeza é um sinal animador na hora de vender um negócio.

Além dessa questão do valor em si, entendendo o quanto está valendo a sua empresa, você pode ter uma noção do quanto deseja vender. Nem sempre você precisa vender 100% do seu negócio. Existem muitos processos de venda onde você pode vender apenas uma parte do negócio.

Geralmente quando as empresas vendem apenas uma parte é porquê elas estão buscando por investimento para crescer a empresa.

Caso este seja o seu caso, pode fazer muito sentido abrir mão e vender uma participação.

Análise do Comprador

Indo para a segunda fase do processo, no caso, para a análise do comprador, aqui vemos que essa é uma das fases mais difíceis da venda de uma empresa.

Aqui, nessa segunda etapa, teremos que achar um comprador para a nossa empresa.

Principalmente para negócios pequenos, pode ser que essa seja uma fase difícil. Hoje em dia, a forma mais comum de vender uma empresa é recebendo uma proposta de venda de um dos seus concorrentes ou de algum empresário que tenha se interessado pelo seu negócio.

Entretanto, se a sua empresa ainda não está em um estágio tão avançado, talvez você nunca tenha recebido uma proposta de venda. Contudo, não se preocupe, existem outras maneiras de vender uma empresa.

Como explicamos ali na parte onde abordamos o quanto custa para vender uma empresa, vemos que o processo de venda geralmente é feito por uma Equipe de M&A. No caso, uma empresa especializada em fusões e aquisições de empresas.

De modo geral, se você buscar por uma boa equipe de M&A, a tendência é que eles lhe ajudem a achar um interessado em seu negócio.

Além disso, também é possível ofertar a sua empresa para algum fundo de investimento. Hoje em dia, existem muitos fundos de investimentos que investem em private equity, no caso, empresas que não estão listadas em bolsa, mas que estão buscando por investidores.

Vale a pena tentar de todos os modos para achar compradores pro seu negócio.

Equipe de M&A

Com a lista de interessados em sua empresa, junto a equipe de fusões e aquisições que lhe auxiliará no processo de venda, é preciso começar a ver as partes burocráticas.

Às vezes, a venda de uma empresa é um processo que, além de ser burocrático do ponto de vista empresarial, envolve também muitas questões jurídicas.

É comum que os empresários que estão vendendo as suas empresas tenham um acordo de não competição, por exemplo. Que os proíbe de trabalhar naquele mesmo setor por um determinado período.

Esse é apenas um exemplo de cláusula que costuma acontecer no processo de M&A. Além dessa parte, tem também a questão das análises contábeis e da auditoria para ver realmente como está a situação da empresa. É exatamente essa parte burocrática que costuma fazer com que o processo de M&A acabe levando alguns meses até realmente ser concretizado.

Mas, aqui, mais importante do que o tempo, é que esse processo aconteça de forma totalmente segura e de acordo com as vontades das duas partes.

Fechamento

Por último, como a fase mais aguardada, temos o fechamento de fato. Essa é a parte onde, após resolver todas as questões burocráticas e contratuais, a venda da empresa acaba realmente sendo concretizada. Como bem comentamos antes, não é comum vermos essa fase levar alguns meses até ser realmente concretizada.

Depois de entender o quanto custa para vender uma empresa e as etapas que esse processo tem, é interessante comentarmos mais sobre a popularização do M&A.

Popularização do M&A

Como acontece em países com uma economia mais desenvolvida, vemos que o Brasil está começando a entrar em uma onda de popularização do processo de fusão e aquisição, até mesmo pelas pequenas e médias empresas.

Antes deste processo ser popularizado, vemos que o M&A era algo muito comentado e divulgado apenas entre grandes corporações. Hoje, vemos que isso está mudando. Cada vez mais estamos vendo pequenas e médias empresas comprando concorrentes ou vendendo as suas operações.

Isso é positivo, afinal, mostra que o mercado está se desenvolvendo.

Bom, por hoje, nós ficaremos por aqui.

Antes de sair, não deixe de ver outros conteúdos que produzimos aqui na Yenom.

Até a próxima!